terça-feira, 29 de maio de 2012

Oficinas de Temática Afrodescendente

I Seminário Estadual de Estudos das
Religiões de Matriz Africana
Desde 2006, quando trabalhei no Memorial do Rio Grande do Sul, desenvolvi e realizo duas oficinas voltadas para a compreensão da temática afrodescendente. Estas oficinas já atenderam cerca de 30 escolas (algumas repetiram em anos seguidos), totalizando juntas mais de 5 mil espectadores entre alunos e professores desde as séries finais do Ensino Fundamental até cursos de graduação na PUC, Unilasalle e FAPA; além de cursos de formação para funcionários no Hospital Cristo Redentor e em terreiros afro-gaúchos.

Agende as oficinas em sua instituição ou templo através dos fones (51) 33547119 (Oi fixo) - 91771712 (Claro) - 85614469 (Oi) - 82855783 (Tim) - 93178662 (Claro). Valores acessíveis.

Abaixo release das oficinas.

1 - Oficina Educação Anti-Racista e a História e Cultura Africana e Afro-Brasileira

Formação no Hospital Cristo Redentor
O racismo no Brasil existe de forma naturalizada o que torna a compreensão da necessidade da luta anti-racista muito difícil de ser assimilada. Isto se deve aos mecanismos criados historicamente para segregar o negro em nossa sociedade. Esta oficina resgata a História dos africanos e seus descendentes na África e no Brasil como proposta de superação deste racismo à partir dos parâmetros preconizados pela Lei 10.639/03.
Com o objetivo de compreender os processos que geraram o racismo existente na sociedade brasileira de hoje e sugerir formas e métodos para a sua superação, trabalhando os seguintes conteúdos: a dinâmica do racismo no Brasil; história e cultura da África; as etnias africanas e seu legado; a dinâmica da escravidão no Brasil e o negro na sociedade de hoje.


2 - Oficina Religião e Religiosidade Africana e Afro-Brasileira

Nos deparamos, nos dias de hoje, com um crescente investimento de pessoas mal esclarecidas na fomentação da intolerância religiosa. Isto se dá por total desconhecimento por parte do agressor a qualquer religião que não seja a professada por ele. As religiões de matriz africana são religiões que foram discriminadas desde a época da escravidão até os dias atuais. Esta oficina resgata a História, a Teologia e a Filosofia das culturas religiosas africanas como proposta para a superação da intolerância para com as religiões afro-brasileiras.
O objetivo dessa oficina é compreender os processos históricos dos africanos e afro-descendentes e sua cosmovisão, gerando, assim, um sentimento de tolerância e, sobretudo, respeito à cultura afro-religiosa.
Formação de Professores da SEC
na Casa de Cultura Mário Quintana
Para tanto, serão trabalhados os seguintes conteúdos: a História e Cultura da África; as etnias africanas e suas permanências na religiosidade do brasileiro; a dinâmica da escravidão no Brasil; e a Cosmovisão africana.


Como metodologia para ambas as oficinas serão utilizadas aulas dialogadas onde nos apropriamos do conhecimento empírico dos alunos para construir o conhecimento crítica e reflexivamente com o auxílio de músicas, vídeos e exposição de slides.

Como material de apoio será necessário o uso de projetor de vídeo (datashow) e caixa de som com possibilidade de acoplação do notebook; ou retroprojetor e aparelho de CD; ou TV e DVD.

Estas oficinas tem como público alvo professores e alunos do ensino superior, do ensino médio, das séries finais do ensino fundamental, do ensino profissionalizante, da educação de jovens e adultos (EJA), afro-religiosos e demais interessados.

Em dia único cada oficina tem duração média de uma hora e trinta minutos (1h30min), mas há a possibilidade de desmembramento para buscar maior profundidade dos temas trabalhados totalizando até oito horas.


Meu currículo pode ser visto na Plataforma Lattes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...